6ª Semana: Marina e Marcela se beijam

6ª Semana: Marina e Marcela se beijam

Capítulo 25, segunda-feira, 09 de maio

 

Miriam faz insinuações a José. Ele diz que vai levá-la para casa, pois ela está de pileque. Jandira confessa a padre Inácio que está com medo de que o padre Bento os entregue. Thiago diz a Lúcia que não aguenta mais o ciúmes dela. Lobo Guerra diz a Ana que se Olivia faltar com respeito novamente vai pedir para Filinto interná-la. Na cantina, Nina e Telmo se esbarram. Os dois trocam olhares. José leva Miriam para casa. Ela o agarra. Telmo e Nina trocam olhares e sorrisos um para o outro. Lobo Guerra diz para Ana que tem grupos no Brasil que querem implantar a ditadura de esquerda como fizeram na Rússia e em Cuba. Feliciana e Olivia discutem no quarto de Alice e Lara. Ao sair da cantina, Mário e Stela trocam beijos. Ana pergunta a Filinto por que a roupa dele está suja de sangue. Olivia afirma que ele acabou de derramar sangue inocente. Stela seduz Mário, que diz que está com as chaves do teatro. Telmo vai à mesa de Duarte na cantina. Os dois começam a conversar sobre desilusões amorosas. Duarte promete levar Telmo para conhecer sua companhia de teatro.

 

 

Capítulos 26, terça-feira, 10 de maio

 

Miriam insiste em seduzir José, que se deixa levar. Ele diz que tem que ir embora, pois no dia seguinta vai visitar seu primo, que é padre. Stela e Mário vão para o teatro e começam a se beijar no palco. Maria confessa a padre Inácio que está apaixonada pela pessoa errada. Dr. Ruy fica procupado com o comportamento de sua filha Heloisa, pois ela pertence ao movimento estudantil. José vai ao encontro que marcou com seu primo, o padre Inácio. O militar revela ao padre que vive uma paixão impossível de ser realizada. José e padre Inácio estão conversando e Maria chega. Padre Inácio deixa o casal sozinho. Maria diz que está se preparando para viajar para Cuba. José diz que vai com ela. Tenente Telmo comunica a Delegado Aranha que conseguiu se infiltrar no grupo de teatro Vanguarda. Aranha recebe telefonema que o informa sobre o paradeiro de Geraldo Cordeiro. Geraldo fala de estratégias para Heloisa, Bartolomeu e Davi. Eles vão invadir um destacamento militar de uma cidade no interior. Jeová liga para a cantina de Beto e diz que o Delegado Aranha está a caminho com policiais. Geraldo Cordeiro e guerrilheiros saem pela porta dos fundos da cantina. Aranha chega e pega Beto pelo colarinho. A morte de Augusto é publicada nos jornais. Ana pergunta a Lobo Guerra e Filinto se eles estão sabendo de algo. José pede que Maria olhe em seu olhos e diga que não o ama. O casal troca beijos apaixonados na sacristia. Olivia chama Filinto de assassino na frente de Lobo Guerra e Ana. Delegado Aranha aponta a arma para Beto e o ameaça. Duarte chega ao teatro com Telmo e o apresenta ao grupo. Maria diz para José ir embora. O militar afirma que os dois ficarão juntos a partir daquele momento.

 

 

Capítulo 27, quarta-feira, 11 de maio

 

Maria diz para José que não tem tempo e nem espaço para o amor dele. Dra. Marcela revela a Marina que tem uma amiga homossexual que está interessada nela. Desconfiada, Marina pergunta se a tal amiga é a própria Marcela. Duarte comunica os integrantes do grupo de teatro Vanguarda que Telmo vai ser seu assistente de direção. Na cantina, Aranha faz terror psicológico com Beto, que não entrega Geraldo Cordeiro. Os policiais começam a espancá-lo. José e Maria têm uma noite de amor. Olivia fala para Ana que Filinto e Lobo Guerra mataram o avô de Alice e Lara. Tavares e Fernanda estão infiltrados entre os estudantes da faculdade. Heloisa, Edith, Monica e Tatiana falam sobre a revolução. Desconfiada, Marta diz a Bete que Tavares e Fernanda são militares disfarçados. Dra. Marcela revela a Marina que está apaixonada por ela. Depois da noite de amor, José pede Maria em casamento. Maria nega e diz que tem um compromisso com Batistelli e Jandira. Ela diz que vai pedir conselhos a padre Inácio. Dr. Ruy fica preocupado com o que Henrique disse aos policias, pois teme que Heloisa, sua filha, seja presa. Dra. Marcela pede um beijo a Marina. As duas se beijam. Beto é levado ao galpão de tortura e toma choque elétrico. Beto resiste e não entrega Geraldo Cordeiro. Sedutor, Telmo diz que Nina é linda. Preocupado com a filha Heloisa, Dr. Ruy faz ameaças a Henrique. Maria parte com Batistelli e Jandira e não se despede de José. Padré Inácio conta a José que Maria foi embora.

 

 

Capítulo 28, quinta-feira, 12 de maio

 

José recebe a notícia de padre Inácio e fica inconformado. Lara e Alice assistem ao embate de Olivia, que acusa Filinto e Lobo Guerra de ter assassiando o avô delas. Desafiadora, Olivia diz que preparou um dossiê sobre o grupo de caça aos comunistas, as torturas e sobre o esquadrão da morte e enviou à imprensa. No gabinete, Filinto assegura Lobo Guerra de que Olivia não vai mais incomodá-los. Dr. Ruy aplica o soro da verdade em Henrique. Marina fica confusa com o beijo que ganhou de Marcela e pede para que fique só entre as duas. João telefona para Thiago e diz que Beto foi preso. Na estrada, Maria fala para Jandira sobre seu amor por José. Miriam telefona para Lobo Guerra, mas Filinto atende. Ela pede para ele ajudar Beto Grande, que foi preso no Dops. Julia flagra Dr. Ruy com arma na mão e Henrique acuado. Geraldo Cordeiro vai à faculdade e conversa com as estudantes Heloisa, Edith, Marta, Monica e Tatiana. Tavares diz para Fernanda observá-lo e sai para avisar os policiais. Bartolomeu encontra Luís, seu irmão, na faculdade e informa que vai levar “visitas” para casa. Geraldo discursa para estudantes. Desconfiadas, Bete e Heloisa aconselham tirar Geraldo do local, pois Fernanda está observando. Em prantos, Ana aconselha Olivia a ir embora de sua casa, pois teme que façam mal a ela. Olivia recebe telefonema de Bianca, que revela seu medo pelos militares no poder. Filinto escuta a conversa das duas pela extensão. Na estrada, Batistelli, Jandira, Maria e padre Bento se deparam com  jipes do exército. 

 

Capítulo 29, sexta-feira, 13 de maio

 

Batistelli, Jandira, Maria e padre Bento estão no impasse de seguir diante dos jipes do exército. Marina e Marcela conversam sobre o beijo, mas Thiago chega e interrompe. Ele conta para as duas que Beto, um ator do teatro Vanguarda, foi preso. Telmo diz aos integrantes do grupo de teatro Vanguarda que ensaia no lugar de Beto. Aranha recebe telefonema de Capitão do Exército que lhe informa o paradeiro de Geraldo Cordeiro. Bete, Marta, Tatiana e Edith tentam tomar o tempo de Tavares e Fernanda. Ao telefone, Bianca diz a Olivia que vai fazer exatamente o que os policiais lhe pediram: ficar calada. Ela pede para Olivia não procurá-la mais. Lobo Guerra diz para Filinto “dar um jeito” em Olivia. Batistelli diz para Jandira e Maria que está com receio de que os jipes do exército sejam fruto de uma traição dos padres. Henrique diz a Dr. Ruy que ama Heloisa. Os soldados chegam ao carro de Batistelli, Maria, Jandira e padre Bento. Batistelli está de batina. Jandira e Maria estão de hábitos de freiras. José lamenta a ida de Maria para Cuba a padre Inácio, que o aconselha a ficar em paz. Heloisa coloca Geraldo Cordeiro, Davi e Bartolemeu em um esconderijo na faculdade. Ao telefone, Tavares conta a Aranha que Geraldo Cordeiro sumiu. Fritz diz que ele deve estar escondido em algum lugar da faculdade. Por precaução, Batistelli e padre Bento armam barraca para dormir na mata. Maria está em prantos por conta de José, mas está decidida a ir para Cuba. Olivia conta a Ana que Bianca, a diretora da escola de Lara e Alice, está com medo, pois foi espancada e violentada. Aranha e Fritz chegam à faculdade com policiais. Eles cercam Heloisa, Marta e Bete. Jandira conversa com Maria e diz para ela decidir entre o amor de José e Cuba.