Tiago Santiago afirma: "Quem assistir à novela vai poder conhecer a história de seu país"

28-03-2011 23:31
publicado originalmente no site do SBT: Foto: Lourival Ribeiro (SBT)

(Tiago Santiago e Reynaldo Boury)

 

Tiago Santiago se prepara para estrear sua segunda novela no SBT: Amor e Revolução, que estreia no próximo dia 5 de abril, às 22h15, com a missão de retratar pela primeira vez a realidade da ditadura militar brasileira em uma telenovela. Mas o autor deixa claro que esta época que marcou a história recente do país serve como pano de fundo para sua trama.

"Estou fazendo uma novela que tem uma grande história de amor, na verdade são várias. É diferente porque trata da história do Brasil de um período que faz pouco tempo. Nosso compromisso não é dar aula de história, mas quem assistir à novela vai poder conhecer a história de seu país. Os mais velhos vão relembrar e reviver este período", afirmou durante a apresentação da novela à imprensa.

Feliz com o trabalho que ele e sua equipe têm desempenhado, Tiago Santiago espera causar uma grande mudança na TV brasileira. E lembra que o momento é propício para o tema. "O mundo árabe está em plena revolução", explicou, referindo-se às revoltas populares contra a ditadura nos países do Norte da África e Oriente Médio.

O autor fez ainda questão de falar da importância de o SBT investir em teledramaturgia e elogiou os atores que darão vida a seus personagens. "É muito bom poder contar com esse elenco e poder abrir este mercado aqui em São Paulo. Nós pretendemos que isso aqui cresça muito para cada vez mais ser um mercado de trabalho", declarou.

Tiago Santiago, que começou a carreira como ator no teatro, tem em seu currículo diversos sucessos da TV brasileira, entre novelas e minisséries, além de livros publicados. O autor foi contratado em 2009 pelo SBT e estreou na emissora com uma versão da novela Uma Rosa Com Amor, de Vicente Sesso.