Semana de ação e emoção em "Amor e Revolução": Guerrilheiros invadem hospital militar; Olívia e Bianca são torturadas; Augusto, avô das meninas, aparece e enfrenta Lobo Guerra

01-05-2011 19:35

por Hugo Azevedo / Fotos: Lourival Ribeiro (SBT)

Os próximos capítulos de "Amor e Revolução" prometem trazer bastante emoção e ação aos telespectadores.

A tomada do poder pelos militares fizeram com que os jovens se movimentassem em prol da liberdade e da democracia.

(Marechal Castelo Branco, 1º Presidente do regime militar no Brasil)

O governo militar no Brasil é iniciado com a nomeação do Marechal Castelo Branco para Presidente do Brasil. O golpe militar fez com que várias camadas da sociedade fossem às lutas e batalhas para a retomada da democracia. E isso pode ser visualizado em “Amor e Revolução”.

Em “Amor e Revolução” vários personagens já foram perseguidos, torturados e mortos. As primeiras vítimas foram Odete (Gabriela Alves) e Carlo (Marcos Breda), comunistas, que foram amargamente torturados até perderem as suas vidas, deixando órfas as filhas Lara (Bruna Carvalho) e Alice (Thaynara Bergamim). E, então, inicia-se a “caça aos comunistas” pelo governo militar. Pessoas inocentes são perseguidas, e políticos são torturados, por lutarem ao lado do povo. Isso aconteceu com o líder camponês e também político, Geraldo Cordeiro (Claudio Cavalcanti), que foi pego por militares para o torturarem, a fim de ele dissesse o nome dos seus companheiros de luta.

Então, numa operação secreta, Jandira (Lúcia Veríssimo) e Batistelli (Licurgo Spinola) organizam uma luta armada e uma ação de resgate no hospital militar, para salvar Geraldo. Maria Paixão (Graziella Schmitt), que entra para a luta, participa da ação de resgate ao lado de guerrilheiros.

E ainda...

Olívia (Patrícia de Sabrit) que foi levada por Filinto (Nico Puig) sofre terror psicológico e assédio, feito pelos policiais do DOPS. Filinto faz Olívia prometer que ela não irá procurar os familiares das órfãs.

Além disso, Bianca (Isadora Ribeiro) é levada ao galpão das torturas, onde Filinto faz perguntas sobre os familiares de Lara e Alice.

... e mais...

Depois do regaste de Geraldo, os guerrilheiros vão para o sítio de Batistelli, onde são cercados por militares. Fritz (Ernando Tiago) fica cara à cara com Batistelli. Jandira fica sob a mira de uma arma, e Maria é imobilizada. Tudo isso gera uma troca de tiros e muita perseguição. Enquanto isso, Telmo (Fábio Villa Verde) segue torturando Bianca na cadeira do dragão.

...o avô aparece!

E para agitar ainda mais a trama, Augusto Fiel (Rogério Márcico), avô de Lara e Alice, aparece e procura o General Lobo Guerra (Reinaldo Gonzaga). Os dois se enfretam.

A semana promete bastante emoções em “Amor e Revolução”. Por isso, não perca nenhum capítulo desta novela que retrata um importante momento histórico de nosso país.

“Amor e Revolução” vai ao ar de segunda à sexta após o Programa do Ratinho, no SBT.