Primeiro beijo gay das novelas brasileiras deve ser exibido nesta quarta

11-05-2011 00:32

publicado originalmente no site DIARIO DE PERNAMBUCO / Foto: Divulgação

 

Os olhares vão se cruzar e um tremendo beijo acontecerá em breve em Amor e revolução, que não à toa leva esse nome. Não trata-se de uma cena romântica qualquer, mas do primeiro beijo de língua entre dois personagens do mesmo sexo. A atriz pernambucana Giselle Tigre e Luciana Vendramini, que interpretam Marina e Marcela, respectivamente, já gravaram a cena da trama do SBT, e o autor, Tiago Santiago, avisa: “Não vai ser selinho, não. Bitoca já teve na TV! Vai ser de língua mesmo!”

Tiago afirma que o beijo gay, o primeiro de uma novela brasileira, não corre risco de ser vetado de ir ao ar. “O próprio Silvio Santos afirma que nós temos liberdade de fazer a novela do jeito que quisermos, e toda a direção já está sabendo dessa cena faz um tempo. Ela não será cortada”, garante ele. Na trama, a advogada Marcela é assumidamente lésbica e nutre uma paixão por Marina, que é sua melhor amiga, mas nunca demonstrou querer se relacionar com outra mulher.

O beijo entre elas, que deve ir ao ar na quarta (11), acontece numa noite de bebedeira, depois que a loura insiste que as duas dariam certo juntas. “O diretor (Reynaldo Boury) já falou comigo e com a Luciana para a gente ir se preparando para uma cena mais ousada, de sexo. Se rolar, tenho certeza de que vai ficar fantástico e delicado, sem necessariamente mostrar bunda ou peito”, diz Giselle. Apesar da torcida, Tiago conta que ainda não escreveu uma cena de sexo para as duas: “Quero esperar a reação do público antes de pensar nisso. O romance só vai engrenar se os telespectadores quiserem.”