Nova novela do SBT vai retratar a ditadura militar no Brasil

14-02-2011 20:21

por Simone de Castro, publicado originalmente no site DIVIRTA-SE

(José Guerra e Maria Paixão - Claudio Lins e Graziella Schmitt, protagonistas de "Amor e Revolução")

 

Os anos de chumbo estão de volta. E para vivê-los vão entrar em cena, em breve, Graziela Schmitt e Cláudio Lins. Ela é Maria Paixão; ele, José Guerra (foto). A dupla será protagonista de Amor e revolução, próxima novela de Tiago Santiago para o SBT/Alterosa, vivendo um amor impossível. 

A ditadura no Brasil, nos anos 1960 serve como pano de fundo. Maria Paixão é uma líder do movimento estudantil e cursa ciências sociais. Engajada na luta pela democracia, ela ingressa na guerrilha, disposta a dar a vida pelo ideal de liberdade no Brasil. Seu coração será disputado por dois homens: José Guerra, militar, filho de um general linha dura, e Mário (Gustavo Haddad), também estudante, que se torna jornalista e autor de teatro.

Para compor a personagem, Graziela mudou o visual e escureceu as madeixas. Além disso, fez aulas de luta e estudou história do Brasil. “A Maria tem muita determinação. É uma mulher apaixonada pelos seus ideais”, define a atriz.