Nesta quarta: Conexão Repórter Especial entrevista personagens que participaram da Ditadura, e mostrará cenas exclusivas de "Amor e Revolução"

30-03-2011 00:21

publicado originalmente no site do SBT

 

Com exclusividade e pela primeira vez na televisão brasileira, o Conexão Repórter exibe um especial de 50 minutos sobre a ditadura militar, que será tema da novela Amor e Revolução, que estreia no dia 5 de abril. 

Nesta quarta-feira, 30 de março, Roberto Cabrini e sua equipe – vencedores do Prêmio Esso de Jornalismo de 2010 – abordam o tema da ditadura militar como ninguém nunca fez. Entre os entrevistados, está o homem que participou da operação cuja missão era prender Dilma Rousseff e testemunhou cenas de tortura. O programa traz entrevistas com personagens que participaram de um dos momentos mais sombrios do Brasil: João Lucena Leal, Jarbas Passarinho eSebastião Rodrigues de Moura, o Coronel Curió. 

João Lucena, listado entre os 12 maiores agentes da repressão pelo Grupo Tortura Nunca Mais, conta com detalhes como eram obtidas as confissões, admitindo as torturas em nome do Estado. 

Jarbas Passarinho, responsável pela instituição do AI-5, reconstitui como foi o momento em que o governo acabou com a liberdade de imprensa. Já Curió comenta com riqueza de fatos como foi um dos momentos mais obscuros da recente história brasileira: a Guerrilha do Araguaia. 

Foram três meses de pesquisa e um trabalho de apuração que percorreu todo o território do país em busca de relatos sobre o período da ditadura. A atração também exibirá imagens exclusivas da novela de Tiago Santiago. 

 

Conexão Repórter Memórias de um Agente Repressão vai ao ar nesta quarta, às 23h15, no SBT.