Gabriela Alves comenta vazamento de cenas de "Amor e Revolução" na web

17-02-2011 21:05

publicado originalmente no site O FUXICO

A atriz ainda acha que a novela pode ser um marco na história do país

 

Desde que cenas de tortura da nova novela do SBT, Amor e Revolução, vazaram na internet, muito comentários sobre o conteúdo chamaram a atenção dos atores, principalmente de Gabriela Alves. A atriz que vive uma militante aparece sendo torturada em uma das sequências da novela que só estreia em abril. Em conversa com O Fuxico, Gabriela diz que gostou de ver o conteúdo, mas fala sobre os pontos positivos e negativos disso ter sido roubado e publicado indevidamente.

“A Lucia Veríssimo que me falou que as imagens já estavam na web...Uma loucura isso! Por um lado é bom porque é uma oportunidade para as pessoas estarem vendo o trabalho, mas por outro lado é uma pena a gente não conseguir segurar essa surpresa e isso ter vazado tão antes da estreia. Mas espero que a repercussão seja boa. Pelo que eu tenho lido no Youtube, as pessoas estão gostando, dando a opinião delas, estão percebendo a importância que tem essa novela.”

Gabriela explica que a novela não é só mais um projeto de  entretenimento, mas também tem a função de mostrar uma história que poucos brasileiros conhecem, já que fala sobre a ditadura militar.

“Estamos contando a história que o próprio país desconhece em função justamente da repressão, da castração que sofremos em relação à liberdade de expressão. Esse ano também será votado a abertura dos arquivos da ditadura, então essa novela pode se tornar não só um marco, mas uma ferramenta para maior reflexão do povo brasileiro”.