Claudio Lins sobre "Amor e Revolução: "história da minha família se confunde muito"

04-02-2011 19:59

Ator fará o papel de José, um militar, na próxima trama de Tiago Santiago

publicado originalmente no site CONTIGO!, por Camila Borowsky

Claudio Lins sobre Amor e Revolução: “história da minha família se confunde muito”

Para o ator Claudio Lins, viver um protagonista já não é mais novidade. Mesmo assim, ele comemora o seu mais novo desafio: ele atende pelo nome de José e será um filho de militar. “Na história, um personagem que é parecido com o meu é Lamarca – um militar contra o regime, mas isso não no primeiro momento”, revela ele, ansioso para começar as gravações de Amor e Revolução, nova trama de Tiago Santiago no SBT, que tem estreia prevista para o mês de março.

Mesmo com toda sua experiência, Lins diz que não sabe se já está preparado para o novo personagem, um jovem que acaba se apaixonando por uma revolucionária, Maria, vivida por 
Graziella Schmitt. “Acho que o núcleo de teledramaturgia (do SBT) vem se consolidando. Realmente acredito que essa novela vai ser um degrau neste sentido”, diz.

Questionado sobre a história de sua família, já que o seu pai, o cantor 
Ivan Lins
, viveu intensamente o momento da ditadura, Claudio é claro. “A história da minha família se confunde muito com essa história: meu avô era militar, apoiou o golpe, mas depois foi radicalmente contra. E meu pai foi do colégio militar, obviamente não concordava, mas não teve problemas com a ditadura. Ele (o pai) apareceu em um tempo em que Tom (Jobim) estava em Nova York e Chico (Buarque) e Caetano (Veloso) estavam exilados...”

(Claudio Lins no treinamento para as cenas de ação de "Amor e Revolução")