133º Capítulo (Quinta): Ana vai ao jornal e revela os crimes de Lobo Guerra

05-10-2011 22:38

Fotos: Lourival Ribeiro (SBT)

Batistelli diz aos guerrilheiros que eles têm uma nova missão: “expropriar” um banco. Aranha e Fritz interrogam travesti para descobrir quem matou Marquinhos. Padre Inácio diz a Marília que ele não pode ter uma família comum. Mário dá carona a Miriam. Ela pede para Mário levá-la para um lugar mais tranquilo. Jandira não está disposta a participar da missão de “expropriação” de um banco. Duarte pergunta a João se pode dormir no quarto dele. Miriam e Mário transam no carro. Violeta quer participar da “expropriação” do banco, mas Jandira acredita ser perigoso para uma principiante. Batistelli diz a Jandira que ela é fundamental para a ação. A guerrilheira promete pensar sobre. Aranha chama Fritz de incompetente. O delegado manda os policiais descobrirem informações sobre o paradeiro de Romildo. Batistelli traça estratégia para entrar no banco. Jandira decide participar da ação, mas desde que os guerrilheiros não atirem em ninguém. Ana decide ir à redação do jornal denunciar o general Lobo Guerra. Em conversa com Marina, ela conta uma série de crimes e assassinatos que Lobo Guerra cometeu e diz para ela publicá-los. Ela revela que o general comanda o Esquadrão da Morte e o Comando de Caça aos Comunistas.

"Amor e Revolução" vai ao ar após o Programa do Ratinho, no SBT.