"Amor e Revolução" estreia em abril com música de Chico Buarque

12-02-2011 14:48

publicado originalmente no site O FUXICO

Amor e Revolução, a grande aposta do SBT, na teledramaturgia, vai ao ar a partir de 4 de abril, segundo assessoria do SBT. A data permitirá que a estreia não rivalize com o final de BBB’’, que acontece uma semana antes.

A novela de Tiago Santiago tem um atrativo extra também na parte musical. Roda Viva, de Chico Buarque, com o grupo MPB4, será tema de abertuar do folhetim de Tiago Santiago, que irá embalar o romance de Maria Paixão (Graziella Schmitt) e José Guerra (Claudio Lins).

Escolha perfeita para a trama, que irá abordar os anos de chumbo, período que o Brasil viveu sob os domínios do governo militar.

(Chico cantará Roda Viva, música de abertura de "Amor e Revolução")

Foi a época em que grandes nomes da música popular brasileira precisavam driblar os censores de plantão para emplacar suas composições.  A seleção da trilha sonora da novela inclui, ainda, do próprio Chico, Apesar de Você, Cálice – esta em duas versões, uma na voz do próprio compositor e Milton Nascimento, outra com Pitty – e O Que Será, novamente com Milton,Opinião, com Nara Leão, Alegria, Alegria, e Menino Bonito, de Caetano Veloso, com ele próprio e London, London, outra do Veloso mas na voz de Gal, Fernanda Takai, Trenzinho Caipira, de Villa Lobos com Egberto Gismonti e Preciso Aprender a Ser Só, na voz de Elis Regina e outras.

Mas a trilha ainda lembra que, na mesma fase, a música dita “engajada”, palavra que à época significava estar conectado com os acontecimentos, convivia com a Jovem Guarda, movimento representativo no Brasil do pop rock que explodia nos Estados Unidos e Europa. Foram escolhidos Coração de Papel, de Sérgio Reis, na voz dele e de Ângela Maria e Ninguém Vive sem Amor, com Fevers.

Ouça e baixe a música de abertura de "Amor e Revolução":

+ CLIQUE AQUI E BAIXE A MÚSICA